Menu
X

Cirurgia de Pálpebras

 

 

As pálpebras e todo a região periocular  são centrais no processo de envelhecimento do rosto. Além da vertente estética a componente funcional é também atendida pelo oftalmologista (cirurgião oculoplástico), que se traduz pelo edema mais marcado de manhã, cansaço no final do dia, pálpebras pesadas. Quando mais pronunciado pode também afectar o campo visualPodendo existir uma predisposição familiar, a prevalência aumenta com a idade.

 

Homens e mulheres são igualmente afetados, e os dois géneros procuram igualmente a solução cirúrgica, a blefaroplastia com ou sem correção de ptose (a pálpebra caída).

 

blefaroplastia agrupa um conjunto de técnicas cirúrgicas plásticas e reconstrutivas com potencial de rejuvenescer a área da face superior, na região periocular . Aplicável às pálpebras superiores, inferiores, supracílio , permite também reduzir a expressão das pregas cutâneas do canto do olho conhecidas como “pés de galinha”. No final do tratamento o paciente ficará com a pele mais tensa, sem rugas, olhar menos cansado e com aspecto mais alegre, sem que altere a fisionomia ou as características individuais do rosto.

 

Concretamente, a blefaroplastia ou cirurgia de pálpebras, consiste na remoção do excesso de pele na pálpebra superior e/ou inferior, podendo se necessário remover ou alterar a posição da gordura para que possa ter um contorno mais suave da pele. Nas pálpebras superiores a incisão é feita na prega natural da pele por forma a que  não seja perceptível qualquer cicatriz. Nas pálpebras inferiores, sempre que possível a abordagem é feita pela face interna da pálpebra permitindo dessa forma que não seja feito qualquer corte na pele. A cirurgia é sempre feita em regime de ambulatório (sem internamento), com anestesia local e sedação por forma a que o paciente não tenha qualquer sinal de dor.

 

O tempo de recuperação é de cerca de 2 semanas, sendo que os apenas os primeiros 3-5 dias são mais limitativos para o exercício da atividade profissional, embora tal deva ser avaliado especificamente.

 

O tratamento cirúrgico pode ser complementado com injeção de toxina botulínica (Botox), o que ajuda a melhorar os resultados estéticos ao reduzir ou mesmo eliminar as pequenas rugas da pele.

 

#Blefaroplastia #cirurgia de pálpebras #ptose #botox #oculoplástica

 

Dr. António Friande